Introdução ao Marketing no Facebook

Tempo de leitura: 11 minutos

Noções Básicas de Marketing no Facebook

     Dentre todas as estratégias de Marketing Digital que sua empresa pode utilizar para impulsionar seu negócio, estar no Facebook é uma das mais importantes. O principal motivo de todos é seu alcance: o Facebook é uma rede social de alto impacto, sobretudo no Brasil, onde 90% da população que usa a internet no país faz parte da rede, ou seja, mais de 90 milhões de pessoas.
No entanto, utilizar o Facebook como negócio é diferente de utilizá-lo para fins pessoais. Entender que há essa diferença é fundamental, e se você pretende começar uma estratégia de marketing digital dentro do Facebook, há algumas etapas que precisam ser completadas e algumas dicas a serem seguidas.
Acontece que ao mesmo tempo em que a maior parte da população está no Facebook, a maior parte das empresas também estão. Portanto, como disputar essa audiência com empresas que já estão desenvolvendo marketing no Facebook há tanto tempo?

     Acreditamos que entregar um conteúdo relevante para a pessoa certa é o que devemos fazer para termos sucesso nas campanhas.

Por que uma página e não um perfil?

      Mesmo que você já tenha um perfil no Facebook, saiba que utilizar a rede para seu negócio é bastante diferente do que utilizá-la pessoalmente.
Tudo começa já na forma como você leva seu negócio para o Facebook. Diferente do lado pessoal, você não cria um perfil, mas uma página. Utilizar uma página para sua empresa te dá muito mais alternativas do que perfis pessoais, e uma possibilidade de alcance muito maior.
Existem 4 motivos majoritários para que sua empresa possua no Facebook uma
página, e não um perfil:

1- Barreiras legais: O Facebook deixa claro em seus termos de serviço que cada um pode ter um único perfil e que este deve ter caráter pessoal. Isso quer dizer que qualquer perfil de empresa está ferindo os termos de serviço e, portanto, pode ser removido a qualquer momento. Com certeza não seria nada legal para sua empresa trabalhar conquistando uma base de amigos e depois perder isso.

2- Limite de conexões: Os perfis possuem um limite máximo de 5 mil amigos. Sabemos que 5 mil não é um número baixo, mas também não é nada impossível alcançá- lo. As páginas não possuem nenhuma restrição no número de pessoas que curtiram.

3- Customização: Apenas as páginas permitem que você edite abas personalizadas com o conteúdo que quiser, como falamos anteriormente.

4- Análise de dados: Uma página oferece a opção de “Informações”(ou Facebook Insights, na versão americana), que apresenta dados demográficos dos que curtiram (idade e sexo dos fãs), repercussão da página (quantas pessoas visitaram, quantas interagiram e “estão falando disso”) e de cada post especificamente (pessoas alcançadas pelo post, número de “curtir”, “compartilhar”e “comentar”). Todas essas informações são inacessíveis para quem tem apenas um perfil.

Criando uma página no Facebook

Criar uma página no Facebook é um processo bastante simples. Basta acessar o link http://www.facebook.com/pages/create.php e escolher qual o tipo de página que você
deseja criar. O Facebook fornece diversas opções como:
• Negócios locais ou local
• Empresa, organização ou instituição
• Marca ou produto
• Artista, banda ou figura pública
• Entretenimento
• Causa ou comunidade
Cada uma dessas opções possui subcategorias bem específicas para que seu negócio esteja bem explícito para quem visitar sua página. Depois de escolher a qual segmento sua página pertence, você chegará ao próximo passo.

página facebook

  1. Sobre: Aqui você adiciona uma descrição para que as pessoas entendam sobre o que sua página se trata, adiciona um website próprio (caso haja) e já tem a opção de personalizar a url de sua página dentro do facebook. Exemplo: http://facebook.com/suaempresa. Tome cuidado e pense bem, pois trocar esse nome posteriormente não é uma tarefa das mais rápidas. Caso ache melhor, você pode fazer isso mais tarde nas configurações.
  2. Foto do perfil: Carregue uma foto que será a identidade de sua página no Facebook. Você pode fazer o upload de um arquivo de seu computador ou importar de um outro site. Você pode executar esse passo depois também caso ache melhor.
  3. Adicione aos favoritos: Essa opção serve para que sua página fique posicionada na barra lateral esquerda de seu painel no Facebook, facilitando o seu acesso.
  4. Público preferido para a página: Defina o público com o qual você mais gostaria de se conectar. Qualquer pessoa pode encontrar sua Página, mas ao preencher esses campos o Facebook irá favorecer a exibição a pessoas mais relevantes. Personalize por idade, localização, gênero e interesses.

Após completar esses 4 simples passos sua página estará oficialmente criada e pronta para ser utilizada. Mas, antes, você deve personalizá-la ainda mais para obter melhores resultados. Em seguida, vamos falar sobre importantes elementos de sua página que devem ser tratados com bastante cuidado.

Foto de perfil e de capa

A foto do perfil é a principal imagem de sua empresa no Facebook. É a imagem que irá aparecer sempre que você compartilhar um conteúdo novo no feed de notícias, assim como acontece quando você compartilha algo em seu perfil pessoal.
Portanto, utilize sempre a imagem que identifica sua empresa, ou a sua logo, no caso.        Importante também estar atento a um detalhe: a imagem de perfil por padrão é quadrada, ou seja, antes de inserir essa imagem, tenha em mente que se ela tiver outra forma, isso não vai funcionar.
O recomendado é que a resolução mínima seja de 180x180px para que não haja distorções.
A foto de capa é outro elemento de suma importância na página de sua empresa, e a principal e maior imagem que o visitante identifica quando acessa a sua fanpage.
O principal aqui é você personalizar uma imagem com o tamanho exato da resolução para que nenhum elemento da imagem fique cortado. Recomendamos um mínimo de 851 x 315px.

     Há várias formas de você utilizar esse artifício de maneira criativa. Uma imagem de capa pode conter uma oferta, as visões da empresa, o apoio a uma causa, o slogan de sua empresa, uma foto (interna ou externa) de sua empresa, a foto de um produto seu, ou qualquer outra imagem que represente sua marca de alguma forma.

Abas personalizadas
Apesar da constantes mudanças no visual do Facebook, um elemento sempre se mantém  presente nas páginas: as abas. E apesar de estarem em posição de destaque no topo,muitos negócios não exploram todo o seu potencial.
Abas (ou aplicativos) são aquelas janelinhas que aparecem logo abaixo da foto de capa da página. Por padrão, o Facebook oferece 5 opções delas: fotos, curtidas, eventos, vídeos e notas (a exibição das três últimas é opcional). Como cada página pode ter até 12 abas, você  pode criar abas personalizadas e oferecer mais conteúdo relevante para o seu público.
Quer saber o melhor? A customização pode ser realizada com iFrames, que são basicamente um documento HTML dentro de outro documento HTML. O que isso quer dizer?  Que tudo que um site conseguir fazer em HTML pode virar um aplicativo, pois é como se eles puxassem o conteúdo de uma página da Internet para dentro do Facebook.
Explore o contexto do seu negócio e pense em opções interessantes e que ajudem as pessoas a encontrar informações sobre seus produtos e serviços.
Vamos imaginar uma situação: se o paciente está procurando um dentista, o que seria um diferencial para escolher em qual ir? Se uma página exibe  uma aba com todos os tratamentos realizados e ele  gostar das opções, ponto para ela.
Muitas vezes o visitante não tem nem o trabalho de ir para o seu site: o que ele busca já pode estar no Facebook. Em um mundo onde ninguém quer perder tempo, ponto pra você!
As ideias são inúmeras: Pense em quais informações um visitante no Facebook precisa para tomar sua decisão de compra. Tenho certeza que não faltarão opções.

Botões de Call to Action
As chamadas para ação têm por objetivo incentivar as pessoas a realizarem ações importantes em sua Fan Page como: baixar um aplicativo, gerar um Lead (pegar um email de uma pessoa interessada em seus serviços) ou efetuar uma compra no seu site. E o melhor, é possível adicionar uma chamada para ação sem nenhum custo.
Para adicionar um botão de chamada para ação que leve ao seu site é preciso seguir estes passos:
1. Vá até a foto de capa da sua Página e clique em “Criar uma chamada para ação”.
2. Escolha a chamada e insira a URL desejada.
3. Clique em “Criar”.
Para cada objetivo o Facebook oferece uma ação diferente. Veja qual delas é a melhor para a sua estratégia.

• Reservar agora: Este é mais um ponto de contato para conversão de eventos.

• Fale conosco: Para empresas que atuam com SAC 2.0 é mais uma excelente oportunidade de ampliar o seu canal de contato. Além do atendimento nas redes sociais, é possível direcionar para uma página no site voltada para atender as demandas vindas via Facebook. É importante deixar bem claro quais são os seus horários de atendimento para que o consumidor ao acessar o seu site não fique sem resposta instantânea. No caso de clínicas/consultórios deixe seus telefones de contato (fixo e celular)

• Usar aplicativo: Mais de 30% dos usuários acessam à rede social exclusivamente pelo celular e 86% do total de usuários, ou aproximadamente 1,19 bilhão, usam o Facebook móvel pelo menos uma vez por mês. Logo, fazer uso do botão call to action para instalar o aplicativo é mais que uma oportunidade, é um excelente recurso para novas conversões.

• Jogar: Essa função leva o link a uma página de jogos. O mercado é promissor, de acordo com a pesquisa Game Brasi l 2015, cerca de 74,5% dos entrevistados baixam jogos para seus celulares. Ao pensar na estratégia é preciso focar em como pode ser adaptado para a plataforma mobile. Não basta apenas baixar e não pensar em usabilidade, comportamento e engajamento. De acordo ainda com a mesma pesquisa, cerca de 80% jogam pelo celular durante os deslocamentos no trânsito. Então, já pensou em desenvolver um aplicativo de joguinhos caso seja um odontopediatra? Ou um de orientações de higiene oral para seus pacientes?

• Comprar agora: Estimular uma compra é fundamental para o aumento da sua conversão no site. O botão neste caso é mais um canal para suas vendas. O Facebook ainda alerta em suas recomendações que é preciso deixar claro qualquer tipo de restrições em sua oferta (como data de validade ou limitações de reembolso). Ser transparente é uma das chaves do sucesso. Essa ação já não é útil para nós dentistas, a não ser que você tenha uma loja virtual ou venda produtos para dentistas.

• Cadastre-se: Uma forma de capturar dados e gerar Leads (emails de pessoas que se interessem pelos seus serviços) qualificados. O “call to action” para cadastro faz com que você tenha informações relevantes do seu público e cria oportunidades para futuras ações e aumento na sua conversão. Depois você pode realizar uma ação de email marketing para essas pessoas que se cadastrarem, assim vão conhecendo melhor você, seus serviços e suas instalações.

• Assistir vídeo: Quer aumentar a sua audiência? Inserir o botão de “Assistir vídeo” pode ser uma maneira muito interessante de ampliar o número de visualizações. Ter uma capa que ajudar na interatividade também é uma dica valiosa para sua conversão. Mas tome cuidado, ser enfático em sua capa como “assista agora” ou “clique aqui” não é bem visto pela política da rede social e sua página pode ser penalizada.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *